Newsletter

Receba todas as nossas novidades. >>
BIODIVERSIDADE  >  Fauna  >  Mamíferos  >  Mamíferos voadores



Mamíferos voadores

Os mamíferos voadores incluem a ordem dos Quiróptera (“quiro” significa “mão” e “ptero” significa “asa”), ou Morcegos que possuem características únicas entre os mamíferos. Apresentam uma membrana alar denominada patágio, apoiada nos osos dos membros anteriores (que sofreram diversas transformações nomeadamente ao nível dos dedos com alongamento) e posteriores, integrando parte ou toda a cauda, o que lhes permite voar.
Ao nível da dieta são insetívoros adaptando um período de inatividade durante o inverno (hibernação) período no qual escasseiam as presas. Os seus hábitos crepusculares e noturnos ajudam a evitar a desidratação através das asas desprovistas de pêlo. Servem-se da ecolocação como sistema de orientação e captura de insetos. Neste sistema, os morcegos emitem sons de alta frequência (inaudíveis para os humanos) pela boca ou pelo focinho, e analisam os ecos refletidos pelos obstáculos em seu redor.
Os morcegos utilizam diferentes habitats de caça e refúgios para passar o dia, o período de hibernação ou reproduzir-se. Desde ligados a infraestruturas humanas, como telhados e sótãos das casas, a grutas ou minas, fendas e cavidades em rochas, pontes, casas ou árvores, entre outros. Muitas das vezes utilizam refúgios diferenciados atendendo a época do ano (inverno-verão).
A reprodução nos morcegos é muito curiosa pois entre a cópula e a fecundação do óvulo transcorrem vários meses. O acasalamento ocorre no geral no outono/inverno, onde por vezes um macho dominante possui um harém, mas o esperma é armazenado pelo que a verdadeira ovulação e fertilização ocorre na primavera. O tempo de gestação é variável de espécie para espécie mas dura entre 45 a 70 dias. Muitas das vezes as fêmeas agrupam-se nos denominados berçários ou colónias de criação, por regra dando a luz de uma a duas crias.



FICHAS DE ESPÉCIES:


Morcego de Bechstein (Myotis bechsteinii)

Morcego-anão (Pipistrellus pipistrellus)

Morcego-arborícola-gigante (Nyctalus lasiopterus)

Morcego-arborícola-pequeno (Nyctalus leisleri)

Morcego-de-água (Myotis daubentonii)

Morcego-de-bigodes (Myotis mystacinus)

Morcego-de-ferradura-grande (Rhinolophus ferrumequinum)

Morcego-de-ferradura-mourisco (Rhinolophus mehelyi)

Morcego-de-ferradura-pequeno (Rhinolophus hipposideros)

Morcego-de-franja do sul (Myotis escalerai)

Morcego-hortelão-claro (Eptesicus isabellinus)

Morcego-hortelão-escuro (Eptesicus serotinus)

Morcego-lanudo (Myotis emarginatus)

Morcego-negro (Barbastella barbastellus)

Morcego-orelhudo-castanho (Plecotus auritus)

Morcego-orelhudo-cinzento (Plecotus austriacus)

Morcego-pigmeu (Pipistrellus pygmaeus)

Morcego-rabudo (Tadarida teniotis)

Morcego-rato-grande (Myotis myotis)