Newsletter

Receba todas as nossas novidades. >>
BIODIVERSIDADE  >  Fungos  >  Cogumelos  >  Amanita rubescens

Amanita rubescens (Pers.) Gray


(GMarques)


(GMarques)

  

Família
Amanitaceae

Descrição do chapéu
6-15 cm de diâmetro; inicialmente hemisférico, depois convexo-aplanado, e no final achatado; margem regular; cutícula separável e lisa; cor de branco rosado a pardo avermelhado; com escamas dispostas em placas de cor ocre acinzentado.

Descrição do pé
5-15 x 1-4 cm; cilíndrico, branco que avermelha com o toque; engrossa em direção à base que é bolbosa; coberto de finas escamas; anel súpero, membranoso, persistente e estriado na parte superior; volva não evidente que se apresenta como um resíduo fragmentado.

Descrição da carne
Grossura média e consistente; cor branca e avermelhada na zona junto à cutícula e no bolbo; avermelha em contacto com ar, nas feridas e nos cortes, odor suave embora não significativo; sabor inicialmente doce.

Tipo e descrição de himenóforo
Lâminas; Livres, apertadas, desiguais, brancas com tendência a ficar avermelhadas com a idade.

Habitat
Bosques de coníferas e folhosas

Tipo de nutrição
Micorrízico

Interesse gastronómico
Tóxico - Comestível

Época de Ocorrência
Outono

Observações e Curiosidades
Tóxico em cru. Deve ser bem cozinhado.